5/365 Destralhar é preciso

Parodiando nosso querido Fernando Pessoa, nada mais verdadeiro que a necessidade de ter coragem para enfrentar um destralhamento. Esse tem sido um processo já de algumas semanas para mim. Sabe aquela organização que você não tem mais onde colocar as coisas e precisa mudar os móveis e fica tudo no chão sem ter onde colocar? Pois é, por conta disso, minha caixa de cartas foi reciclada (tinha até bilhete dos murais, coisas do colégio Alberto Conte e da rede de comunicação, nos idos anos 90 entre alunos de turnos diferentes!), recibos de pagamento e de taxas de veículos que nem tenho mais, coleções de revistas de decoração (❤️, por isso olhei uma a uma e registrei no OneNote ideias ainda válidas para decoração), anotações e papéis, uma infinidade deles… Hoje (ontem, na verdade) passei mais um dia organizando tudo e testando o OneNote pra ver se ele bate o Evernote em eficiência (#sóquenãoatéagora). É um trabalho exaustivo… e prazeroso. O melhor de tudo é que tenho destralhado não somente papéis, mas também situações pelas quais passei e pessoas com as quais convivi. E essa última parte tem sido a mais difícil e necessária: destralhado sentimentos e pessoas. Aos montes, diga-se de passagem. Quero ter um 2016 leve e feliz e esse é o caminho, certamente! E tudo isso é mais do que motivo pra agradecer! 

Anúncios

2 comentários

    • Flavinha, é muito bom isso! Faça sim, pois parece que até a “mente” se organiza. Eu sempre acompanho o blog “Vida organizada” pra alguma dica. Vale a pena. 😘

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s