59/365 Dia de folga

E quem foi que disse que dia de folga a gente fica folgado, né? Mas, quem é que precisa ficar descansando, se é possível fazer uma prática de Yoga, resolver mil coisas e ainda retomar as aulas de inglês, não é mesmo?

(E, em dias assim, eu fico me lembrando de Marken e de Delft e fico pensando que morar numa dessas cidades me pouparia muito tempo perdido no trânsito… Tempo que eu poderia fazer mil outras coisas, como descansar e dormir!) #momentoepifânico

Voltar a praticar Yoga é uma alegria muito grande, nunca seis meses pareceram tanto tempo! Voltar pras aulas de inglês também é uma grande alegria (quem diria, não?), pois dessa vez tudo tem fluido muito bem. Ainda bem que em dia de folga ainda sobra tempo pra agradecer!

Anúncios

2 comentários

  1. Nas cansativas horas de transito:
    “…Eu queria ter na vida simplesmente
    Um lugar de mato verde pra plantar e pra colher
    Ter uma casinha branca de varanda
    Um quintal e uma janela só pra ver o sol nascer…”

    P.S: Dois charmes em forma de fotografia! 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s