Eu sou trezentos…

Poema- Eu sou trezentos… from Mario de Andrade on Vimeo.

Sei que é lugar-comum se dizer múltiplo, porém não há muito como escapar de uma definição para alguém que espera, todos os dias, topar consigo mesma em cada circunstância e ter o “pasmo inicial” a cada um desses encontros.

 

 

Anúncios